11 abril, 2015

Pode doer, mas é a verdade.


 _______________________________________________

Esse post é pra aquele tipo de pessoas que me tiram loucamente do sério por ficarem penduradas por aí sofrendo por outras pessoas que evidentemente: NÃO. VALEM. A. PENA!

Eu não estou sendo nenhum tipo de hater. Também fico completamente irritando comigo mesmo quando percebo que ajo da mesma forma. No entanto, eu tento mudar!

Acho que quando algo ou alguém te machuca, ou ainda pior, ainda está te machucando, uma própria iniciativa de nós deve vir de querer parar com isso. Mesmo que doa, vai ser melhor do que sentir a dor de quando isso prolongar.

Acredito que é normal e saudável ficar de luto. Todo mundo precisa disso por um tempo, mas tenho tolerância zero pra quem fica remoendo e procrastinando esse tipo de coisa. Todos precisam ter seu tempo pra processar seus sentimentos, até aí, eu sou compreensível. Eu dou apoio. Eu dou carinho. Acho que a pior coisa do mundo é sofrer sozinho, então costumo não deixar as pessoas na mão. Mas isso tem limite!

Eu mesmo já tive problemas, e a única coisa que para mim foi claramente visível de tudo isso é que mesmo com ou sem ajuda de profissionais, só conseguiria sair de tal situação por pura e espontânea força de vontade. E siiiiim, é incrivelemente difícil. Muito difícil. Difícil pra caralho! Mas quando nos saímos bem em alguma coisa, não sentimentos o maior orgulho de nos vangloriar? Agora porque quando algo da errado é muito mais fácil deixar a culpa nas costas dos outros e ficar esperando (pendurado!) que algo ou alguém apareça pra melhorar tudo? Nem sempre isso acontece! Temos que ter força própria para nos levantar sozinhos e decidir que nada vai nos abalar. A gente que faz acontecer! No final das contas, podem perceber que sempre vai ser isso. Só que alguns percebem isso com mais facilidade do que os outros. Pode ser duro. Pode ser chato. Cruelmente maçante e difícil. Mas acho que é a verdade.

0 comentários:

Postar um comentário