01 julho, 2016

02 junho, 2016

Playlist de Junho

0 comentários
Playlist Junho  
        Hey, pessoal!
O mês de junho mal começou e aposto que muitos já devem estar perdendo a cabeça com final de semestre chegando, não é mesmo? rs
Exames, trabalhos, aquelas "horinhas" extras no escritório... Arghhh!!

     Mas calma que as férias estão chegando...
E para nos ajudar a aguentar esse mês enquanto a correria não acaba, trouxe pra vocês essa playlist que está uma delícia!


Bertie Blackman - Beams


CAPPA- Killin' It

Remmi - Star Spangled

Ruelle - Monsters

Mansionair - Hold Me Down

Sofi Tukker - Matadora (Medina Remix)

                Espero que tenham gostado.
            Animo, e bom fim de Outono a todos :)


19 novembro, 2015

02 julho, 2015

Perfil | Olivia Palermo

0 comentários
Olivia Palermo Hoje vou falar de uma It-Girl mundialmente conhecida, sempre estando em pauta como referência e um dos maiores ícones de moda: Olívia Palermo!

Pra quem não conhece, Olívia participou do reality da MTV "The City", onde mostrava seu dia a dia, dentro do mundo da moda, na grande Big Apple (New York). E foi assim que conseguiu maior parte da sua fama!

Após conquistar o holofotes, logo conquistou também as capas de diversas revistas, e chegou até mesmo a ser considerada pela mídia, como a Blair Waldorf (Gossip Girl) da vida real, por seu impecável estilo de moda, e... Um pouquinho por sua personalidade, rs.

Olivia Palermo

Olivia Palermo


Olivia Palermo
A garota já foi Relações Públicas da estilista Diane Von Furstenberg (provavelmente a RP mais famosa entre as fashionistas de plantão!), e atualmente trabalha para a revista Elle Magazine.

   Quem aqui baba pelas roupas dela, hein?

20 maio, 2015

13 maio, 2015

Olho Por Olho - Jenny Han & Siobhan Vivian #Resenha

0 comentários


Autor: Jenny Han & Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320
Ano: 2013

SINOPSE
"Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena... Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? De um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos. Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas."

_______________________________________________

Eu passei por uma grande maré de livros ruins até que finalmente pudesse chegar a Olho Por Olho. No mais clássico estilo de Meninas Malvadas, nos é contata a história de três garotas, completamente diferentes, que se juntam para acabar com outros três jovens maldosos da escola.

Mary, desde pequena, sempre fora um alvo fácil de chacota por ser "gordinha". Kat, a típica adolescente rebelde, negava gostar de um dos garotos populares da escola, até que descobre que ele só a estava usando. E Lillia, a bela líder de torcida, sente que não se encaixa no meio de seus amigos, principalmente quando é traída por sua melhor amiga. Essas garotas irão crescer e mudar, mas o rancor permanecerá, e elas não o deixarão de lado!

De tantos livros que li ultimamente, bem esse com uma história leve e despretensiosa, demonstrou-se tão agradável. Mas ele também, não é tão bobinho quanto parece. Chegando a ser sério e cru, abordando temas realísticos para quem já passou por uma adolescência conturbada, pode reconhecer.

Cada capítulo é marcado pelo ponto de vista de uma das protagonistas. A que menos gostei, ou demorei pra me acostumar, foi a Mary. No começo, a história dela parecia básica e a personagem bem monga, mas com o folhear de páginas descobrimos que tem uma das histórias mais sérias. 

O único detalhe que me desagradou um pouco, é que as vezes surgiam uns acontecimentos inexplicáveis. E eu não entendi direito se isso tinha a ver com alguma coisa fantasiosa, mas espero que não. Detesto quando livros com histórias realistas se misturam com fantasia. Tirando isso, fiquei feliz por finalmente ter encontrado um livro que me desse ansiedade e emoção, aquela vontade de ler mais um capítulo, sabe?

... No entanto, quando faltavam três já sabia que não queria terminar de ler, pois acontecera muita coisa para se ter um desfecho no fim :(
E como esperado, preciso logo da continuação!

Nota:  ➊➋➌➍➄
_______________________________________________


20 abril, 2015

SPFW - Backstage Acquastudio

2 comentários



EI, pessoal! Tudo bom?
Essa semana tenho um post bem legal pra vocês!
Eu visitei e ainda pude trabalhar no Fashion Week, o que foi uma experiência incrível! E hoje, vou contar pra vocês como foi...

Gente, como pergunta crucial para início desse post, preciso saber:
Quem aqui assistia The Hills? Acho que só quem já acompanhou o programa vai entender como eu realmente me senti, rs.

Pra quem não conhece (que blasfêmia!), The Hills era um reality show da MTV que acompanhava o dia a dia de quatros garotas em Los Angeles que trabalhavam com moda e relações públicas. Mostrava elas em organizações de desfiles, ensaios fotográficos, etc.

E até alguns anos atrás quando eu assistia  na TV, todo aquele mundo glamouroso parecia muito fantasioso para mim. Então, quando na semana passada eu soube da oportunidade de conseguir trabalhar na edição de verão do SPFW, foi como transformar a fantasia em realidade. Traduzindo: Eu simplesmente pirei!

Eu vivo brincando/falando que não vejo a hora da MTV me descobrir, mas enquanto isso não acontece, pelo menos já consegui ter meu dia à lá The Hills.


No quarto dia do SPFW eu trabalhei para a Acquastudio, grife da Esther Bauman. E aprendi que para um desfile de 15 minutos é preciso de muuuita, mas muuuita preparação. Eu mesmo fui multitarefas: Fiquei nos bastidores, verificando a lista de convidados, fazendo as montagens de araras, provas de roupas, vestindo as modelos e cuidando de todos os outros mil imprevistos que sempre surgem de última hora.

E acreditem, no backstage às vezes acontecem as coisas menos previstas possíveis. Com o desfile prestes a começar, checando e contando tudo, vimos que alguns sapatos fornecidos tinham vindo com a numeração errada e que não iam servir nas modelos. 

Ou eu que passei o maior sufoco (e mega-mico) quase fiz uma modelo se atrasar pra entrar na passarela porque não conseguia fechar o vestido dela (em minha defesa, era muito complexo... Tinha vários laços!).



Por fim, é  meio puxado sim, e compreensível que nem todo mundo goste. Precisa chegar bem cedo, ficar muito tempo de pé, saber trabalhar com correria e muito mais, só que quando acabou o dia eu simplesmente suspirei e pensei que toparia fazer tudo de novo. Na verdade, amei a experiência  de ver como tudo funciona por de trás das passarelas. Gostei até mesmo mais dessa parte do que de aproveitar o próprio evento em si.

ACQUASTUDIO

O desfile da Acquaestudio esse ano foi baseado em temas florais e de candy colors, buscando um aspecto mais comercial pra marca também. No camarim, foi Celso Kamura que cuidou do make das modelos.

Com o término do desfile, a única coisa que falta é ajudar na arrumação (guardar os vestidos em plásticos, levá-los para transporte, etc.) e depois todos da equipe podemos desfrutar do resto do evento. E como a Acquastudio, por minha sorte, foi a que inaugurou o primeiro desfile,  resultou no resto do dia livre para mim.


O evento em si foi patrocinado pela Magnum e Schweppes, que ofereceram bebida e sorvete de graça o dia inteiro <3

E no final, ainda consegui ganhar um convite para ver o desfile do Samuel Cirnansck, o desfile mais aguardado da noite. Com sua coleção inspirada no clássico de terror: O Iluminado

 SAMUEL CIRNANSCK

_______________________________________________


11 abril, 2015

Pode doer, mas é a verdade.

0 comentários

 _______________________________________________

Esse post é pra aquele tipo de pessoas que me tiram loucamente do sério por ficarem penduradas por aí sofrendo por outras pessoas que evidentemente: NÃO. VALEM. A. PENA!

Eu não estou sendo nenhum tipo de hater. Também fico completamente irritando comigo mesmo quando percebo que ajo da mesma forma. No entanto, eu tento mudar!

Acho que quando algo ou alguém te machuca, ou ainda pior, ainda está te machucando, uma própria iniciativa de nós deve vir de querer parar com isso. Mesmo que doa, vai ser melhor do que sentir a dor de quando isso prolongar.

Acredito que é normal e saudável ficar de luto. Todo mundo precisa disso por um tempo, mas tenho tolerância zero pra quem fica remoendo e procrastinando esse tipo de coisa. Todos precisam ter seu tempo pra processar seus sentimentos, até aí, eu sou compreensível. Eu dou apoio. Eu dou carinho. Acho que a pior coisa do mundo é sofrer sozinho, então costumo não deixar as pessoas na mão. Mas isso tem limite!

Eu mesmo já tive problemas, e a única coisa que para mim foi claramente visível de tudo isso é que mesmo com ou sem ajuda de profissionais, só conseguiria sair de tal situação por pura e espontânea força de vontade. E siiiiim, é incrivelemente difícil. Muito difícil. Difícil pra caralho! Mas quando nos saímos bem em alguma coisa, não sentimentos o maior orgulho de nos vangloriar? Agora porque quando algo da errado é muito mais fácil deixar a culpa nas costas dos outros e ficar esperando (pendurado!) que algo ou alguém apareça pra melhorar tudo? Nem sempre isso acontece! Temos que ter força própria para nos levantar sozinhos e decidir que nada vai nos abalar. A gente que faz acontecer! No final das contas, podem perceber que sempre vai ser isso. Só que alguns percebem isso com mais facilidade do que os outros. Pode ser duro. Pode ser chato. Cruelmente maçante e difícil. Mas acho que é a verdade.

21 março, 2015

Músicas do meu Shazam!

0 comentários

 _______________________________________________

Sempre acontece quando estamos na balada, dentro de uma loja, até mesmo ouvindo o rádio e de repente começa uma música e: Meudeus! Quem canta isso???

Por sorte, hoje em dia temos em nossos celulares o amado Shazam, que resolve o problema em questão de segundos... E com isso, ultimamente eu tive essa ideia!
Que tal compartilharmos? 

Fiquei empolgado porque às vezes é difícil criar um post sobre uma banda específica. Afinal, existem várias que só são conhecidas por um único hit de sucesso. Por exemplo, quem aqui conhece "Goo Goo Dolls"? E quem aqui conhece mais alguma música deles que não seja "Iris"??

PS. Pois é, só pra constar aos fãs, eu conheço! E gosto rs
Mas acho que fica muito mais fácil e gostoso de se trabalhar ao abordar diferentes bandas e diferentes gêneros musicais. Assim agrada todo mundo, não?!


 
Pra essa semana trouxe quatro músicas que ouvi recentemente.
Tô muuuuito viciado na primeira!

Fences - Sunburns



Theophilus London - I Stand Alone

Beautiful Small Machines - Counting Back To 1

E por último, uma em homenagem ao Goo Goo Dolls...

Goo Goo Dolls - Keep The Car Running


É isso! Espero que tenham gostado! ;)


19 março, 2015

Demolidor & Elektra

0 comentários